Vamos conversar?

Quer saber mais sobre algum empreendimento ou possui alguma dúvida? Entre em contato conosco!

Bem-vindo ao Blog

01 / 03 / 2021

Você sabe como surgiram os condomínios no mundo?

Com a evolução da humanidade, as pessoas foram encontrando novas formas de viver em sociedade. Assim, surgem os condomínios fechados, espaços verticais (prédios) ou horizontais (casas) destinados para circulação e convivência dos próprios moradores. Hoje, este formato de moradia é procurado principalmente pelas famílias que prezam por segurança, privacidade, conforto e lazer.

 

A história

Há várias teorias sobre o surgimento dos condomínios pelo mundo. Uma delas, esclarecida pela pesquisadora Rita Raposo, sugere que os condomínios surgiram em Londres por volta de 1820. À época, as moradias se concentravam no entorno de praças (inicialmente, eram abertas, depois os espaços foram fechados) e viver nestes locais demonstrava grande poder aquisitivo e prestígio perante à sociedade.

Mas foi só um século e algumas décadas mais tarde que os condomínios se expandiram de fato, segundo a pesquisadora. Na década de 1970, nos Estados Unidos, surgiram diversos empreendimentos imobiliários residenciais que se apropriaram desta fórmula fechada, especialmente localizados em áreas turísticas, com destaque para a Califórnia. Dez anos mais tarde, estes empreendimentos se multiplicaram pelo país inteiro, instalando-se em subúrbios, cidades e exúrbios.

Na década de 1990, o formato imobiliário se expandiu (e continua em crescimento) em países africanos, americanos, asiáticos, europeus e da Oceania: China, Angola, Bulgária, Líbano, Argentina, Austrália, Índia, Malásia, Chile, Rússia, África do Sul, Singapura, entre outros.

 

E como foi no Brasil?

Os condomínios horizontais fechados surgiram na década de 1970 no Brasil. Os empreendimentos eram destinados para as classes alta e média em ascensão. Um dos primeiros e mais conhecidos é o condomínio Alphaville, localizado em São Paulo.

Hoje, os condomínios estão presentes em todo o país, atraindo o interesse de cada vez mais pessoas.

 

Tipos de condomínios

Já trouxemos o assunto aqui no blog, mas vale reforçar novamente a diferença e os tipos de condomínio disponíveis no mercado imobiliário. Confira clicando aqui.

 

Horizontais: são caracterizados pela construção de casas em um mesmo espaço, muitas vezes murado, no qual apenas proprietários e moradores têm acesso, inclusive nas áreas comuns. São condomínios que se expandem para os lados, no plano horizontal.

Verticais: são construções no formato de torre, que pode ser única ou ter mais de uma, as chamadas torres irmãs. Cada torre é composta por diversos apartamentos.

Comerciais: são destinados para a exploração da atividade comercial ou da indústria.

 

O condomínio perfeito para sua família

Conheça os empreendimentos da Neo Incorporações e encante-se pela qualidade e beleza dos nossos condomínios de casas e apartamentos.

 

Clique aqui e encontre a opção perfeita para você e sua família.



Notícias mais Lidas

Dia das Mães: uma homenagem para aquelas que foram nosso primeiro lar
2021-05-09
Dia das Mães: uma homenagem para aquelas que foram nosso primeiro lar
Leia mais
4 características de uma incorporadora de confiança
2021-05-06
Está pensando em adquirir um imóvel e não sabe por onde começar? Primeiro, busque uma empresa séria e que ofereça todo suporte necessário. Confira mais dicas!
Leia mais
Como a Neo pode ajudar a realizar o seu sonho
2021-04-20
Nós, da Neo Incorporações, nos dedicamos intensamente a entregar os melhores projetos para os nossos clientes, respeitando cada perfil familiar. Saiba mais!
Leia mais